• Cia. de Teatro Social Sementes da Alegria

Definição de Palhaço






























Definição de Palhaço

Por: Cristiano Rydz Macedo


O ato de ajudar alguém sem esperar algo em troca traz uma sensação indescritível, “Esse sentimento é uma força capaz de transformar o homem e o mundo” (Mahatma Ghandi).




O trabalho voluntário dentro dos hospitais por meio de grupos, como por exemplo os Doutores da Alegria, sempre me despertaram grande admiração. Aliás, há poucos meses  minha sobrinha de quatro anos esteve internada em São Paulo e uma das fotos encaminhadas foi ela com uma palhacinha.  Mudando para Rio Preto conheci, hoje, minha noiva, onde ela faz parte deste grupo, desde então venho pensado por que não? Por que não transformar essa admiração em atitude…

Conversei com ela e fiz outras pesquisas para entender melhor o trabalho, além de tentar entender o que me traz tanta admiração e fascínio, pude perceber que esse ofício é uma arte, onde você exercita o olhar e o escutar, transformando as dificuldades em beleza, valorizando assim o encontro. Em um dos sites achei interessante uma da definição dada ao palhaço: “A função do palhaço é provocar, transformar e depois ir embora”.



A figura do voluntário/palhaço acho que deva trazer, também, um processo de autoconhecimento – sentimento, desprendimento, criança, descoberta- dentre as características de relevo que achei desta figura, achei interessantes essas: o palhaço não julga, ele interage na diferença; o palhaço olha para tudo como se fosse a primeira vez; o palhaço pode ser franco; o palhaço precisa da precisão de um atleta e imaginação de uma criança; o palhaço constrói com delicadeza e faz isso através da graça; o palhaço subverte, mas ninguém é seu inimigo.  Por fim, pretendo somar dentro do grupo, e como relatam: a experiência do voluntariado é uma via de mão dupla, entretanto, o voluntário acaba por receber mais do que doa.


#humanização #Hospital #SementesdaAlegria #palhaços #Sementesdaalegria

5 visualizações0 comentário